JOÃO GIL

João Manuel Gil Lopes, mais conhecido por João Gil, nascido na Covilhã, é um guitarrista e compositor português e um dos fundadores de grupos como Trovante e Ala dos Namorados.

Em 1976, com Luís Represas, João Nuno Represas e Manuel Faria, forma o Trovante, grupo que alcançou os tops de venda nacionais.
Verifica-se a dissolução do Trovante em 1991. Em 1992, sempre com Artur Costa e com Alex Cortez dos Rádio Macau, funda os Moby Dick.

Em 1993, com João Monge, Manuel Paulo, José Moz Carrapa e Nuno Guerreiro, funda a Ala dos Namorados.
Participou no projecto Rio Grande com Rui Veloso, Vitorino, Tim e Jorge Palma em 1996.

Em 2002 forma os Cabeças no Ar com Rui Veloso, Jorge Palma e Tim.
Em 2008 lança o primeiro disco a solo que contou com a participação de Dany Silva, Rui Veloso e António Zambujo. A produção foi de Rui Costa, João Monge assina quatro canções e há ainda colaborações com Sam The Kid ("Atalhos") e a sua irmã Margarida Gil ("Aquela gente").
Ana Sofia Varela dá voz ao projecto «Fados de Amor e Pecado» de João Gil e João Monge.

O projecto Baile Popular é formado por João Gil, Mário Delgado, Alexandre Frazão, Miguel Amado e Paulo Ribeiro e por elementos dos Adiafa . O álbum homónimo foi lançado no dia 21 de Junho de 2010 tendo como single a música "Rosa à Janela", composta por João Gil e Rui Veloso.

Grava um disco com Luis Represas em 2011. Em 2012 forma o Quinteto Lisboa. É lançada a  Missa Brevis de sua autoria. Em 2014 , junta-se a Diogo Infante e estreiam a Ode Marítima de Álvaro de Campos (heterónimo de Fernando Pessoa  no Teatro S. Luís em Lisboa. A Ode Marítima já passou pelo Teatro S. João no Porto e por diversas cidades.

Em 2015 começa tour internacional da Ode em Washington, New York, Seoul e Tóquio.

Edita o 1º CD do " Tais Quais ", trabalho feito com o Tim, Jorge Palma,Vitorino, Celina da Piedade, Paulo Ribeiro , Sebastião e o humorista/contador de histórias Jorge Serafim.

Um espectáculo que o vai emocionar!